Malucopédia

Origem: Malucopédia, a enciclopédia insana
Ir para: navegação, pesquisa
Gostou deste artigo? Acha que pode melhorar? Pois sinta-se à vontade para deixar sua sugestão na discussão do artigo.
Nowikipedia.png
Se deu mal! A Wikipédia não tem um artigo sobre Malucopédia.

Malucopédia é o mais antigo e valioso acervo de conhecimento humano de que se tem notícia. Mas a Malucopédia não é de origem humana.

Índice

História da Malucopédia

Origem

Insanidade é o lema desta enciclopédia

Esta enciclopédia foi trazida por seres extraterrenos do planeta B-612, há dez mil anos atrás. Estes alienígenas queriam fazer experiências com o riso, e os seres humanos foram a cobaia escolhida. Como a tecnologia dos habitantes de B-612 era muito avançada para o homem, eles deixaram a Malucopédia gravada em pedra, como desenhos toscos que os primitivos humanos poderiam entender e rir.

Malucopédia no nosso planeta

A Malucopédia é a fonte primordial de todas as piadas conhecidas. Sabe aquela da galinha que atravessou a rua? O primeiro que contou esta piada a leu num exemplar da Malucopédia, 3 mil anos atrás.

Durante os séculos as piadas da Malucopédia foram passadas de geração em geração, fazendo pais e filhos, mães e filhas rirem. Das figuras nas cavernas, a Malucopédia foi inscrita em tábuas de pedras, fielmente reproduzidas para fazer as pessoas rirem e se divertirem com textos hilários. Mais tarde, foram feitas cópias em
Luiz Inácio Capeta da Silva ao ler o seu próprio artigo na Malucopédia
papiro da Malucopédia, para o divertimento dos mais abastados. Reis e faraós quiseram conhecer aquela que tanto alegravam seus escravos, e encomendaram tal versão de luxo para poderem rir com tamanha fonte de piadas.

Com o surgimento do códice, o livro em folhas, a enciclopédia insana se popularizou ainda mais, sendo a obra mais lida no Império Romano. No século 4 autoridades eclesiásticas viram todo aquele humor como blasfêmia, e proibiu a Malucopédia, queimando quase todos os seus exemplares e condenando à morte quem fizesse manuscritos da mesma.

Malucopédia na era do obscurantismo

Na Idade Média a perseguição a qualquer forma de humor por parte da Igreja continuava acirrada. Nesta época um jovem inventor chamado Johannes Gutenberg criou uma máquina fantástica chamada imprensa e com ela produziu cópias clandestinas da enciclopédia insana, devolvendo o riso ao povo oprimido e explorado da Europa. Com a Reforma de Martinho Lutero a perseguição ao humor cessou, tornando a Malucopédia o compêndio de humor oficial da nobreza e do povo.

Malucopédia na era do iluminismo

A página principal da Malucopédia, na era do iluminismo

Com a explosão das artes e o lançamento do homem aos mares, os europeus começaram a desbravar novas terras e descobriram o Novo Mundo, também conhecido como América. Eles levaram a Malucopédia como presente para os nativos. Risonhos por natureza, eles aceitaram de bom grado e aprenderam a nobre arte da leitura e da escrita rindo bastante, de modo que a enciclopédia foi nojentamente usada como arma para conquistar o continente e subjugar o povo indígena.

A Malucopédia também foi usada para apaziguar os ânimos exaltados dos escravos africanos. A enciclopédia insana fazia com que eles esquecessem sua condição de explorados dando altas gargalhadas, até que eles se deram conta de como estavam sendo manipulados e começaram a rebelar-se em todo o continente americano, dando origem a movimentos abolicionistas como o do Morto-vivo dos Palmares.

Malucopédia nos tempos modernos

Com o bom nome da enciclopédia insana manchado pelo seu mau uso e o surgimento de formas de humor vulgares como comédias de teatro e cinema, este grandioso acervo de piadas foi caindo no esquecimento e sendo substituído por comédias insossas. Mas nem tudo estava perdido. No final da primeira década do século 21 exemplar do tomo foi encontrado por um jovem mancebo que tratou de transcrever o conteúdo da enciclopédia para os servidores do Uncyclomedia Foundation, trazendo assim de volta a esperança da humanidade de rir de si mesma.

Os editores da Malucopédia

Um malucopedista escondido na mata

Originário do planeta B-612, o malucopedista tem o seu dom passado de geração em geração. Em 1810, Homina Homina Homina tomou conhecimento sobre os malucopedistas e citou tudo em um livro.

Surgimento

O primeiro malucopedista nasceu quando Deus soltou um peido no meio do nada e disse: "Se virem, seus porras!". Com este ser no meio do nada, ele formou uma grande colônia com mais de 8000 malucopedistas, fez tudo sozinho, isso quando ele conseguiu construir uma máquina de criar clone com as ferramentas de Deus. Depois disso tudo, Deus esmagou todos os malucopedistas e absorveu as idéias, com isso ele fez tudo que existe hoje. Com o feito, Deus foi descansar em um sofá e criou um objeto de barro que mais tarde virou em um bicho muito esquisito.

O bicho esquisito saiu do lado de Deus e foi parar em lugares muito distantes e remotos do Universo, a criatura era racional e não pensava em procriar, por isso vivia sozinho e não gostava de visitas. Não só ficava em um só lugar, o bicho esquisito era nômade e por isso ficava vagando em qualquer lugar.

Um malucopedista

Adaptação

O bicho esquisito gerou criaturas que mais tarde seriam os malucopedistas renascidos como alienígenas e que nós consideramos como nossos ancestrais, como o bicho esquisito vivia no meio do espaço, os malucopedistas dali e foram parar em um planeta conhecido como B-612. No ínicio o planeta não tinha condições de abrigar os malucopedistas, então vários malucopedistas morreram e poucos sobreviveram porque começaram a se adaptar, com as criaturas sobrando, eles começaram habitar o planeta.

Com os habitantes feitos no planeta, o planeta sofreu sérias reações às mudanças climáticas nos pólos, por isso os malucopedistas só viviam nos trópicos do planeta, sendo que onde permite muita luz solar, e a luz solar era o que os malucopedistas mais nessecitavam mais do que frutas tropicais e merdas.

A terra da Malucopédia

População: 100 nozes e um esquilo

História

Fontes afirmam esses detalhes; que o planeta surgiu a 23 milhões de anos atrás; os malucos surgiram à 11 milhões de anos atrás, através de uma espécie chamada de "malucus duiniciu dupraneta"; o fóssil mais antigo surgiu a 10 milhões de anos atrás, chamado de "Un Malucus". Vários malucos se estabeleceram na Malucolândia, eles viviam mais em grupos, comiam peixes, lixões, latas, animais, e etc., tudo isso segundo e de acordo com as nossas fontes.

Economia

A economia da Malucolândia é muito baixa, porque pois ninguém trabalha, e andam com roupas rasgadas e falam um monte de merda... Mas poucos malucos são ricos, mas esses malucos ricos não é moleza.

Cultura

A cultura deles é muito esquisita, eles acreditam em um tipo de deus chamado de "Un Malucus Supremus", que no bom português significa "O Maluco Supremo", ah sim, se lá é obrigado a acreditar nesse maluco, se não acreditar, vai preso ou morre.

Países e continentess

O planeta apenas tem dois continentes e não tem países e sim territórios, e esses dois continentes não se dão muito bem, porque eles são malucos =D

Malucopédia em outros idiomas

Em inglês

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Illogicopedia .

Logotipo homossexual da Illogicopedia: Uma banana, ai!

A Illogicopedia é uma sátira sem vergonha da Malucopédia criada por um montanhês canadense e seus miguxos lenhadores.

Um certo dia este montanhês canadense, que já era dono de uma outra wiki, viajou para a Amazônia e, na tribo dos pés-tortos do Rio Xingu, encontrou um manuscrito da Malucopédia no idioma tupi. Embasbacado com o conteúdo de humor insano da Malucopédia, o senhor das montanhas decidiu reunir vários miguxos para criar um projeto de humor paralelo ao que ele já tinha, e chamá-lo de Wackypedia (que em bom português significa Malucopédia).

No entanto o Yourwiki.net já estava hospedando o conteúdo da Malucopédia em seus servidores, no idioma português, e os lenhadores canadenses temendo um processo por plágio tiveram uma idéia para contornar tal problema: Afanar um Delorian, voltar dois anos no passado e hospedar sua versão deturpada da Malucopédia nos servidores da Wikia, com o nome de Wackypedia. O plano deu certo, até que os administradores da Wikia descobriram a treta por trás daquilo tudo e baniram a Wackypedia de seus servidores.

Sem opção, o esperto montanhês canadense decidiu hospedar o conteúdo da sua enciclopédia num servidor compartilhado por outra wiki de humor, e espertamente mudou o nome para Illogicopedia, apagando assim qualquer ligação com o seu passado cinza-grafite.

Em holandês

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Irratiopedia .

Logotipo da Irratiopedia: uma pera (ou será um limão?)

Basicamente a Irratiopedia é uma cópia holandesa da Malucopédia. No entanto, sendo holandesa a Irratiopedia é Casa da Mãe Joana, pois lá vale tudo: putaria, prostituição, maconha, cocaína, LSD e tudo mais que é ilegal em outros países. Em matéria de feno ela só perde para a Logimalpédie. Isso é tudo que dá para dizer sobre a dita cuja no momento.

ATUALIZAÇÃO: Durante meses a Irratiopedia sabotou a Malucopédia hackeando nosso ícone e trocando pelo ícone deles, mas eis que um recentemente um norueguês anônimo acabou com a putaria. MUERTE A ESTES HIJOS DE PUTA.

Em francês

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Logimalpédie .

Logotipo da Logimalpédie: laranja, fruta símbolo dos otários

A Logimalpédie, também conhecida como Logimalfede, é uma enciclopédia fedida que não toma banho e não se passa um perfume. De origem francesa (sem piada de francês que não toma banho, por favor) esta enciclopédia fenada com apenas 84 artigos parece ser seguidora daquela cópia da Malucopédia, na verdade é muito provável que seja o namespace FR daquela enciclopédia que nos imita na cara de pau.

Em norueguês

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Artigpedia .

O morango lésbico da Artigpedia

A Artigpedia é uma wiki norueguesa de humor norueguês a qual só os noruegueses conseguem entender. É caracterizada por ter artigos com menos de 1000 bytes de tamanho, o que indica que seu servidor pode explodir se tentar processar qualquer informação superior a três dígitos.

Artigpedia significa que é uma pédia de artigos (Artig=Artigo pedia=pédia). Mas o que haveria de engraçado numa pédia de artigos? A resposta só o dono sabe.

Interessante que o logotipo da Artigpedia é um morango, fruta que é um símbolo internacional da homossexualidade feminina (por que você acha que a Morango do Big Brother Brasil tem esse apelido?), o que nos leva à teoria de que o site é gerenciado por uma presidiária lésbica na Noruega.

Em homenagem à Artigpedia este artigo tem mais ou menos 1000 bytes.

Ver também

v  d  e h
Sites insanos
GoogleEvil.jpg


1227.com - 2 Girls 1 Cup - 38zu.cn - 4chan - 4shared - 55chan - 94.247.2.195 - 9Gag - about:blank - AdultFriendFinder - Americanas.com - AnimeSpirit - Anonymouse - Assista Online - Assustador.com.br - Baboo - Baixaki - Bate-Papo UOL - Baú de Jogos - Blogger - Blog da Felina - Blind Maiden - Bluewaffle - Boohbah - Brazzers - Charges.com.br - Cifras.com.br - Citizendium - Clube do Hardware - Cocadaboa - Conservapédia - Dabadabadab.com - Dailymotion - Debate TV - Desciclopédia - Destruipédia - Deviant art - Dolls.com.br - Dr. Pepper - eBay - E-Farsas - Efukt - elgooG - Encyclopedia Dramatica - Facebook - Fqwerz.cn - Futpédia - GameFAQs - Orkut falido Gazzag - Glassass.com - Google Goggle - Guimp - Gumblar.cn - Habbo Hotel - Humortadela.com (in memoriam) - iCarly.com - IGN.com - Iiiiiiii.com - Instant Silvio! - Inutilidades - Jacaré Banguela - Joana Sousa - Jovem Nerd - Kongregate - Megaporn - Lalalaa.com - lalalalalalalalalalalalalalalalalala.com - Last.fm - Le Ninja - Lemonparty.org - Littlelacysurprisepageant.com - Lousecn.cn - Malucopédia - manamanadoodoodoodoodoo.com - Megaupload (in memoriam) - Melhores do Mundo - Mercado Livre - Microsoft Google - Googleanalitycs.net - Goooogleadsence.biz - Goatse.cx - Não Salvo - Google Católico - Martuz.cn - Meatspin - Microsoft - Microsoft UOL - Os Vigaristas - megalook.ru - Moleza na Beleza - MP3000.net - Mundo Canibal - Pain Olympics - PlayStation Store - MySpace - Neopets - Nitrome - Newgrounds - Octopus Girl - Ooooiiii.com - Omelete - Orgsite.info - Orkut - Own3d.es - Parperfeito.com - PornoTube - Pudim.com.br - RainbowPuke - RapidShare - RedTube - rightxd.com - RuTube - Satan.com - Satan.com.br - SeekBang! - SeeqPod - Sexo na Van - Shafou.com - Sonic Channel - Sonic Paradox - Submarino.com.br - SuperCheats.com - Superdownloads - Supremus Entretenimento - Terra - The Death Clock - The Peeling Paint WebCam - The Pirate Bay - Thisismeme.com - Torta.tk - Totalsexweb - Tubgirl - Twitter - Ubuweb - Webcheats - WikiLeaks - WikiLetras - Wikimerda - Wikipédia - WordPress - World's Highest Website - XGen - xHamster - XVideos - Yahoo! - YoYo Games - YouPorn - YouTube - Zombo

Ferramentas pessoais
Ver e editar dados de namespaces

Variantes
Acções
Navegação
comunidade
uncyclomedia foundation
Ferramentas
idiomas